Coordenação - (11) 2344-4600

comunicacao@aps.santamarcelina.org

Coordenação APS

Rua Harry Dannenberg, 276

Redes Sociais
 

Humanização

GRUPO DE TRABALHO DE HUMANIZAÇÃO- GTH

O Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) congrega pessoas sensibilizadas e vocacionadas para a missão de humanização, gestores, profissionais administrativos e assistenciais, usuários para organizar espaços coletivos e participativos objetivando a promoção de relações humanizadas e ações pertinentes à humanização em benefícios dos usuários e dos profissionais da saúde.

Seu grande objetivo geral é constituir-se como guarda e incentivadores dos valores humanitários que orientam e iluminam a missão do hospital: espiritualidade, respeito, hospitalidade, acolhimento, solidariedade, cuidado, relações fraternas que tem suas raízes na caridade profunda do coração.

São seus objetivos específicos:

Estabelecer estratégias que tornem os serviços do hospital mais humanizados

Obter apoio da alta administração para a implantação e sustentação permanente das ações de humanização

Promover a implantação, a divulgação e o crescimento da cultura da humanização

Elaborar um plano de ação de humanização hospitalar, segundo prazos e meios adequados e de acordo com as prioridades e necessidade específicas do Hospital, utilizando a metodologia do Ver, Julgar e Agir

Implantar e implementar a execução do plano de humanização elaborado

Monitorar continuamente e avaliar periodicamente as ações de humanização segundo indicadores preestabelecidos

Propor modificações dos planos e novas propostas, se necessário for, segundo as avaliações realizadas e as novas necessidades levantadas

Gestão do GTH

Irmã Giuseppina Raineri

Vice-presidente do Hospital Santa Marcelina e Gestora do HUMANIZASANTA

DIRETRIZES E DISPOSITIVOS

A política institucional de humanização visa orientar todos os processos gerenciais administrativos e operacionais das unidades da Instituição segundo os seus valores institucionais e em consonância com a Política Nacional de Humanização (PNH).

Programas

A perspectiva institucional é implantar a política institucional, mediante diretrizes prioritárias e ações estratégicas projetadas em planos anuais específicos em cada unidade da instituição.

Diretrizes

São as orientações gerais para a aplicação da Política Institucional de Humanização em consonância com a PNH:

  • Espiritualidade
  • Hospitalidade, Acolhimento, Cuidado ( HAC )
  • Valorização do trabalho e do trabalhador
  • Defesa dos direitos do usuário
  • Clinica ampliada
  • Comunicação em todos os níveis
  • Ambiência
  • Dispositivos

São processos que visam, com ações planejadas e coordenadas, a concretizar as diretrizes da humanização.

  • Grupo de trabalho de Humanização ( GTH )
  • Acolhimento com classificação de risco
  • Gerência de porta aberta e ouvidoria para trabalhadores e usuários
  • Visita aberta e direito a acompanhante
  • Programa de formação em saúde do trabalhador ( PFST )
  • Comunidade ampliada de pesquisa
  • Projeto terapêutico singular e projeto de saúde coletiva
  • Equipe transdisciplinar de referência e apoio matricial
  • Projetos cogeridos de ambiência
  • Colegiado gestor